out
21
0

 Toda vez que vamos planejar uma viagem umas das primeiras dúvidas é sobre hospedagem, certo ?!! Hotel é sempre mais caro ? Alugar apartamento é confiável ? Dormir em um quarto com mais dez pessoas que nunca vi na vida é bacana ? Qual hospedagem vocês preferem Hotel, Apartamento ou Hostel ???

Eu, confesso que super curto os três… verdade!! Sempre que faço uma viagem longa tento agregar o conforto e os mimos de um hotel legal, com a privacidade de ficar num apê até a bagunça do hostel… nessa minha última eurotrip até alugar um quartinho em casa de família e me hospedar num barco eu fiz… adoro experiências novas hahahahahahaha.

erica-camargo-viaja-ibiza-ushuaia-hotel

Imagino que a primeira pesquisa de todos seja sempre em busca de um hotel, com o mínimo de conforto e uma boa localização… e pra isso não vivo sem os depoimentos do Booking.com Trip Advisor para me auxiliar. Não sei se porque eu gosto muito de pesquisar ou simplesmente por uma questão de sorte, até hoje, nunca me decepcionei com nenhum hotel que tenha reservado pelo Booking, seja pelas fotos ou por impressões muito diferentes que as postadas pelos viajantes no site. Amém hahahahahaha.

Hotel é sempre uma escolha acertada, seja lá como você viaja, sozinho, com crianças, amigos, família… a facilidade de discar para a recepção e resolver problemas como fome, lavanderia, trocar dinheiro para moeda local, pedir dicas da cidade, além de um quartinho limpo e arrumado todos os dias não tem preço (sem falar dos mimos a mais quando começamos a contar estrelinhas nos hotéis, rs) mas nem sempre o budget é suficiente e dai, entra minha segunda opção…

erica-camargo-viaja-paris-apartamentos

Os apartamentos (que por várias vezes são minha primeira opção, mesmo!! Adoro me achar moradora da cidade hahahaha). Acho uma delícia alugar apartamentos em áreas residenciais pelas cidades que eu passo e sempre faço minhas reservas pelo AirBnb que nem sei se é um site tão explorado aqui no Brasil (nunca aluguei apê em viagem nacional ) mas que super bomba lá fora (e sei que estou devendo um post de como alugar apê por lá mas já já ele sai, rs).

Apartamentos são ótimos para quem curte uma trip mais independente mesmo, não tem ninguém para fazer minha cama, recolher o lixo, trazer um lanchinho no quarto mas tem total privacidade, num espaço normalmente bacana, com cozinha equipada e uma vizinhança muito mais local do que turística… eu adoro!! Sem falar que o precinho fica lindo se o apê for dividido com mais gente, tipo uma viagem entre amigos! Super recomendo.

erica-camargo-viaja-barcelona-hostel-sant-jordi

Já o hostel, entrou no meu hall de queridinho somente esse ano… nunca fui de me hospedar em hostel, o primeiro que fiquei foi em Praga ano passado e a primeira impressão apesar de super ter me animado não valeu tanto… afinal, meu hostel parecia muito mais com um hotel boutique de tão irado que era e eu fechei um quarto de 4 camas para mim e minhas amigas… ou seja, estava hospedada num “hotel” barato e super animado, como não amar!! kkkkkkkkkkkkkk

A experiência de verdade só aconteceu esse ano e oh, pra quem tinha preconceito em dividir quarto com pessoas desconhecidas, super curti, viu?!! Passei por vários na minha última eurotrip e achei bem bacana, principalmente para jovens e viajantes sozinhos… uma ótima maneira de diminuir, e muito, o custo da viagem e de quebra trocar ideia com gente do mundo todo.

Eu fiz um post com o top 10 hostels de Barcelona e, na verdade, a linha de qualquer cidade é mais ou menos aquela, existem hostels para todos os gostos… desde aqueles com conceito party hostels, que você já reserva sabendo que será agitação dia e noite, até os mais sossegados, família e com quartos individuais.

Confesso que os hostels nunca são minha primeira opção de hospedagem mas em viagens longas e que passam por várias cidades, ou seja, viagens que já tem um custo mais alto, tem sido minha escolha e até então, super acertada!!! E sim, vocês sabem que tenho mania de pesquisar relatos de hospedagem, né, e se já faço isso com hotéis e apartamentos, meu cuidado com hostel é redobrado, rs.

A verdade é… sua hospedagem vai basicamente depender de seu perfil e do seu bolso mas posso garantir que com o mínimo de cuidado na hora de fechar sua estadia qualquer opção será sempre agradável, divertida e trazer novas experiências para sua trip!

beijo

out
20
0

 

5THINGSibiza-erica-camargo-viaja-praia

No meio da estrada, entre uma praia e outra, eis que aparece esse visu <3

(Ibiza – Espanha)

ibiza-erica-camargo-viaja-avicii

First party in Ibiza…

(Ushuaia – Ibiza – Espanha)

ibiza-erica-camargo-viaja-formenteira

Não vou nem comentar por que, né…. que cor de mar é esseeeeeee ?!!!!

(Formenteira – Ibiza – Espanha)

ibiza-erica-camargo-viaja-sunset

Sorry Santorini mas o sunset mais incrível da vida foi em Ibiza…

(Cala Comte – Ibiza – Espanha)

ibiza-erica-camargo-viaja-pacha

Somente o dj mais top da temporada… muito amor por Steve Aoki

(Pacha – Ibiza – Espanha)

beijo

out
10
0

Tendência que eu amoooooo e parece que não vai nos abandonar tão cedo!! O cropped top continua com tudo nesse verão e mais uma vez se reafirma como peça must have da temporada.

Para dar uma inovada no look, o cropped dessa vez vem super bem acompanhado com saias midi (acho incríveeeeeeel e super charmosa essa produção, só ainda não me acostumei com o raio da saia midi, rs) ou com calças compridas (essa eu já abuso de usar e amo!!!).

O legal do cropped top é que ele é uma peça super versátil, daquela que cai super bem na saída da praia com shortinho jeans, passando pela balada com um saia sino, até em eventos mais formais como casamentos, formaturas com uma saia longa ou texturizada. Estando com a barriguinha devidamente no lugar, acho que super vale investir nessa tendência no verão. Aliás, falando em barriguinha, por mais que a moda insista em me dizer ok para o umbigo de fora, continuo no pensamento de que menos é mais e nesse caso umbigo devidamente tapado é sinal de elegância certa ao look.

cropped-top-street-style3

cropped-top-street-style2

cropped-top-street-style4

cropped-top-street-style5

cropped-top-street-style

beijo

 

 

 

 

 

out
01
1

 

eurotrip

Depois de algumas muitas horas de voo a única coisa que queremos quando chegamos ao nosso destino é sair o mais rápido do aeroporto em direção ao nosso hotel, certo ?!! Barcelona tem ótimas opções de transporte do aeroporto de El Prat até a cidade e como é relativamente perto, uns 16km até a Praça da Catalunya, logo, os valores desse deslocamento são bacanas também.

Imagino que taxi seja a primeira opção de todos e chegando pelo terminal T1 ou T2 é só seguir as placas indicando as saídas dos taxis para conseguir um #simplesassim. De El Prat até o centro (Praça da Catalunya) dá um pouco mais de 30 euros (sem o adicional das malas). Para calcular o valor aproximado até seu hotel, utilize o site World Taximeter, ele dá uma base bem aproximada.

transportes-em-barcelona-erica-camargo-viaja-aerobus

Outra opção mais barata e muito utilizada por turistas (eu sempre uso essa!) é o aerobus, que são ônibus confortáveis e adaptados para o transporte de bagagens, que roda de 5 em 5 minutos praticamente durante o dia inteiro (consulte a tabela de horários aqui), também sai dos terminais T1 e T2, tem placas indicando a saída e custa 5,90 euros a viagem ou 10,20 euros ida e volta que vale por 15 dias. Você pode comprar o bilhete diretamente no ônibus. O aerobus passa por vários pontos da cidade como Praça d’Espanha (parada para quem vai se hospedar por ali ou em Sants), Grand Via/Urgell e Praça Universitat (são paradas próximas e ótimas para quem ficar pelo bairro de Eixample) e o ponto final que é a Praça da Catalunya, no centro, colada nas Ramblas e próximo ao bairro Raval.

Da parada de ônibus até o hotel eu sempre utilizo o City Maps (que já falei que é um aplicativo indispensável para quem viaja, né) para ver a distância e se é necessário pegar um taxi ou até mesmo o metrô.

A terceira opção (que eu nunca utilizei) é sair do aeroporto El Prat de trem, mas que sinceramente só acho interessante para quem for se hospedar próximo a estação de trem Sants ou pela Praça d’Espanha e simplesmente porque seu bilhete custa mais barato que do aerobus, 3,80 euros a viagem. O trem sai apenas do terminal T2, mais uma vez tem placas indicando o caminho, e sua espera é de aproximadamente 30 minutos. Os bilhetes podem ser comprados em cabines com atendentes ou maquinas de bilhetes na própria estação. Para se deslocar do terminal T1 até o T2, utilize os ônibus que fazem integração e são de graça, mas eles vivem cheios e pra quem chega com mala grande e pesada não é uma opção muito confortável.

transportes-em-barcelona-erica-camargo-viaja-metro

Já para rodar pela cidade minha opção é sempre o metrô, que funciona super bem e são relativamente limpos e novos além de  super fáceis de andar  e tem linhas para praticamente todos os pontos turísticos (aqui no blog tem um roteiro de 5 dias turistando por Barcelona com dicas de metrô). Você pode comprar os bilhetes diretamente nas maquinas das estações e uma opção bem legal para quem for utilizar bastante o transporte público é optar pelo bilhete T-10, que são 10 viagens, incluindo metrô, ônibus e funicular que podem ser reutilizados pelo período de 1h 15 min. sem pagar outra tarifa.

transportes-em-barcelona-erica-camargo-viaja-metro2

Outra opção são os ônibus, que eu nunca andei, porque pra mim são sempre a ultima opção em qualquer viagem. Barcelona, como qualquer outra cidade grande tem trânsito e isso significa perda de tempo para os viajantes, rs. Para quem curte essa opção de transporte, existem linhas para toda cidade e atrações turísticas, com ônibus confortáveis e letreiros indicando as paradas.

transporte-em-barcelona-erica-camargo-viaja-bike

E por fim, as bicicletas… sim, é super possível rodar por praticamente toda cidade e inclusive acabei de fazer um post com dicas de como alugar bike em Barcelona e o roteiro que fiz com ela pelas praias.

Taxi, não é exatamente uma opção barata mas talvez seja a mais viável para quem curta sair a noite. Os metrôs fecham por volta da meia noite e só voltam a rodar pela manhã mas antes de sair de casa, sempre verifique os horários no site. Já falei das baladas em Barcelona aqui no blog, inclusive com dicas de metrô para todas elas.

Quem tiver mais dicas ou experiências nos transportes em Barcelona é só compartilhar com a gente nos comentários!! :)

beijo

set
29
0

beleza-agua-termal-nos-cabelos

Sabe aquele item de frescurinha que a gente não vive sem?! Eu sou viciada em água termal, borrifo diariamente no rosto e faço uso tanto no inverno e principalmente no verão, inclusive na praia!! Amo !

A água termal é rica em minerais como ferro, selênio, zinco e manganês e tem propriedades anti inflamatórias, cicatrizantes, além de nutrirem a pele.  O que eu já tinha ouvido muito falar mas até agora não tinha testado é a água termal nos cabelos… genteeee, não vivo mais sem!!

Resolvi testar durante minha última eurotrip… imagina a cena… mais de 1 mês inteiro de praia, sol, mar, piscina, sem secador de cabelos, prancha ou qualquer outro apetrecho que fizesse a juba ficar legal… apelei para água a termal e deu supeeeeeer certo!!! Ela além de hidratar e deixar os fios super brilhosos ainda diminui e muito o frizz. Usava todos os dias com os cabelos ainda molhados, e as vezes esperava ele ficar quase seco para borrifar… perfeito!! Para quem tem o cabelo oleoso é ótimo também, experimente, usar no couro cabeludo, dá uma boa segurada na oleosidade durante o dia!.

Testado e super aprovado? Alguém aí já usou água termal nos cabelos também ??

beijo

Página 1 de 10812345Última »